sábado, 30 de junho de 2012

Ilha da Magia




Por Gabriela Raupp,

Florianópolis é também chamada de “ilha da magia”, e não é à toa.Tão conhecida por suas belezas naturais, também possui um rico folclore. Muitas lendas são contadas e com o crescimento da cidade essas histórias diminuíram, porém continuam no imaginário de muitos moradores. São lendas que falam de reuniões de bruxas, bruxas que atacam pescadores, que roubam barcos, bruxas que bailam dentro de tarrafas de pescaria e de vassouras.

De uma forma geral, acredita-se que as bruxas vieram para Florianópolis, na época da colonização açoriana, de navio, junto de escravos negros e pessoas doentes. Também se acreditava que a sétima filha mulher de um casal, seria bruxa, a menos que fosse batizada pela irmã mais velha.

Alguns moradores, dizem que ainda tem bruxas na misteriosa ilha e para espantar elas, aconselham a rezar o Pai-Nosso e a Ave-Maria toda sexta-feira às 18:00h, e andar sempre com alho no bolso, para proteção, pois a bruxa de hoje não tem qualquer aparência especial. É uma mulher comum, que pode ser até uma moça bonita, não voa em vassoura e não tem chapéu pontudo. Segundo Franklin Cascaes (pesquisador das lendas de Santa Catarina) estas bruxas atuais são mais perigosas.

Franklin Joaquim Cascaes nasceu em 16 de outubro de 1908 e faleceu 15 de março de 1983. Foi um grande pesquisador da cultura açoriana, folclorista, ceramista, gravurista e escritor brasileiro.Dedicou sua vida ao estudo da cultura açoriana na Ilha de Santa Catarina e região, incluindo aspectos folclóricos, culturais, suas lendas e superstições. Usou uma linguagem fonética para retratar a fala do povo no cotidiano, Seu trabalho somente passou a ser divulgado em 1974, quando tinha 66 anos.

Para saber mais, veja o vídeo “Biografia de Franklin Cascaes” :


sexta-feira, 29 de junho de 2012

O perigo rola solto

 por Nadjini,

Os computadores são os aparelhos mais utilizados pela população depois dos celulares.  No ano de 1936 surgiu o primeiro computador do mundo, que foi construído por Konrad Zuse, um engenheiro que viveu entre 1910–1995 na cidade de Berlin na Alemanha. 

Uma curiosidade é que os atuais computadores só surgiram após a II Guerra Mundial. A Marinha dos Estados Unidos e a Universidade de Harvard que se juntaram para criar o computador chamado Mark I.

São máquinas capazes de revolucionar, e dependendo de quem usa podem causar o bem ou o mal de pessoas.  Dentro desses riscos as redes sociais são uma das fontes mais perigosas, já aconteceram muitos casos de pessoas serem estrupadas ou roubadas, por pessoas que conheceram na internet.

As vezes os bandidos ou pessoas que querem fazer algo de ruim, criam perfis falsos nas redes sociais para conhecer pessoas mais inocentes que não enxerguem que eles não querem o bem.

Já os blogs são sites que as pessoas criam para postar textos sobre modas, esportes,  etc. O seu lado bom é que podemos interagir com muitas pessoas, mas também tem seu lado ruim, temos que prestar muita atenção antes de postar qualquer coisa de outra pessoa, por que tem uma coisa chamada plágio que é quando usamos a frase ou texto de outro alguém como se fosse o próprio autor, e isso é uma coisa muito séria.

Os computadores são máquinas muito poderosa , por isso temos que tomar muito cuidado com quem conversamos , e saber direitinho em que site entraremos.

 Créditos da  imagem: http://desenhoscolorir.org/computadores-para-imprimir-e-colorir/
Fonte: 
https://sites.google.com/site/historiasobreossitesdebusca/Historia-da-tecnologia/historia-do-primeiro-computador

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Liberdade de opressão?


por Valentina,

A base de uma organização democrática é o direito de manifestar  livremente suas opiniões, havendo assim igualdade para que todos possam expor suas ideias e exercer seu papel político dentro da sociedade.

Mas, até que ponto somos realmente livres para dizer o que quisermos?

Para nos considerarmos cidadãos livres, temos que ter para nós que a liberdade é algo da consciência de cada um. Liberdade não quer dizer direito, temos total liberdade para infringir a lei, mas não temos o direito de sair impunes dela, ou seja, só podemos nos considerar livres quando soubermos definir nossos limites em relação a nós mesmos e aos demais.

Se todos fossem possuidores de uma total liberdade, sem restrições, ninguém mais seria livre de ouvir o que não quer, não teríamos mais o direito de reclamar quando somos alvo de julgamentos equivocados, ou preconceituosos. A liberdade da qual falamos, é a simples liberdade de escolha: manifestar-se é uma opção sua, mas se perante a lei sua atitude for julgada preconceituosa, você será igualmente punido por ela, e ninguém pode exercer supremacia sobre o dever de respeitar a diversidade de religião, etnias, ou opção sexual, por exemplo.

Liberdade de expressão é poder manifestar suas opiniões e reclamar seus direitos, exercer sua cidadania, mas o limite à ela deve ser imposto por nós mesmos. Liberdade não significa poder ridicularizar uma opção alheia, mas sim manifestar a sua. O limite existente para expormos nossas críticas é quando elas começam a oprimir os outros.

A liberdade não te dá o direito de criticar a religião de alguém, apenas o direito de seguir a sua, assim como não te permite julgar a opção sexual de uma pessoa, mas de escolher a que quiser. Ninguém pode manifestar seu preconceito e alegar que está expondo uma opinião, ou reclamar o direito à liberdade de expressão, pois por mais estranho que isso fique em uma frase, até a liberdade tem limites.                                                                                                                                                   
“Liberdade significa responsabilidade. É por isso que tanta gente tem medo dela.” George Bernard Shaw.

Fontes:

terça-feira, 19 de junho de 2012

CORRUPÇÃO


por Gabriela Raupp,

Durante estes últimos dias, comecei a me interessar mais por jornais, fiquei surpresa ao ver que as notícias que mais se destacam é sobre a corrupção em nosso país. Um exemplo é do bicheiro Carlos Augusto, mais conhecido como Carlinhos Cachoeira, que está sempre em todos os jornais, ele mantém um sistema corrupto em seu entorno, facilitando atividades ilegais, como jogos. Isso reforça nossa situação de país subdesenvolvido, por causa da corrupção, que envolve dinheiro ilícito.

Conforme estudamos nas aulas de geografia, identificamos que existe uma forte ligação entre a corrupção e o subdesenvolvimento do nosso país. Em algumas regiões que tem um índice maior de corrupção, pior é a qualidade de vida da população. 

O Brasil está na lista dos países mais corruptos do mundo, não podemos nos conformar com isto, precisamos mudar, podemos começar agindo com ética em nosso dia a dia.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Artes Marciais Mistas


por Eduardo,
   
As artes marciais mistas ou abreviando, MMA são artes marciais que têm golpes executados tanto em pé quanto no chão. As artes marciais mistas podem ser praticadas em torneios nos quais dois oponentes tentam derrotar um ao outro utilizando uma variedade de golpes de diversos tipos de artes marciais e se é permitido utilizar varias partes do corpo como punhos, joelhos, cotovelos, pés e etc.

Tem vários organizadores de torneios de MMA, um dos principais é o UFC. No Brasil o MMA começou por causa dos “Vale Tudo” ocorridos no país que, eram   caracterizados por terem   muita  violência e a mescla de artes marciais.

No inicio do século passado, por volta dos anos 20, dois irmão resolveram testar suas habilidades. Carlos e Hélio Gracie desafiaram lutadores de diversos estilos de lutas para provar que o jiu-jitsu Gracie era a melhor arte marcial do mundo.

Estes eventos chamados de “Desafios Gracie”   se tornaram tão populares que, depois chamados de “Vale Tudo”, chegaram a acontecer até no Maracanã. No começo dos anos 90, Rorion Gracie foi para os Estados Unidos e começou a realizar pequenos desafios contra lutadores locais, quando então se juntou com Art Davie e mudaram o destino das artes marciais no mundo todo e foi assim que surgiu então o UFC.

No início, o UFC era apenas um grande torneio de artes marciais. Os lutadores eram apresentados por sua arte marcial. Não existia o conceito de mistura de artes marciais, muito menos a utilização de equipamentos. O primeiro UFC contava com praticantes das seguintes artes marciais: Shootfight, Taekwondo, Sumo, Kickboxing, Karate, Boxe, Jiu-Jitsu. No dia 12 de novembro de 1993, o brasileiro Royce Gracie se tornou o novo ícone das artes marciais no mundo todo. Após três lutas exaustivas, Royce Gracie foi coroado o primeiro campeão do que viria se tornar o maior torneio de artes marciais do mundo.

 No Brasil o atual campeão dos pesos médios é o Anderson Silva que começou sua carreira no UFC no ano de 2006, Silva passou a combater no Ultimate Fighting Championship no evento Ultimate Fight Night 5, com vitória sobre Chris Leben. No dia 14 de outubro de 2006, no UFC 64, Anderson Silva teve a oportunidade de disputar o cinturão da categoria de pesos médios no UFC contra Rich Franklin, onde venceu no primeiro round de forma arrasadora. Foi o segundo oponente que derrotou Franklin, depois de Lyoto Machida. Anderson teve que defender seu cinturão diversas vazes e umas dessa vezes foi no UFC 64 em 3 de fevereiro de 2007, quando venceu Travis Lutter. E sua última defesa foi no Rio de Janeiro no UFC 134 mas dessa vez contra o Yushin Okami.

O MMA esta se tornando cada vez mais popular e sendo reconhecido pela população, e muitos estão mudando de opinião sobre o esporte pois estão conhecendo sua essência e não vendo esse esporte como um esporte violento e sim como um esporte com regras e muita técnica

Bullying


por Luiz Felipe,

Hoje em dia em nossa sociedade moderna temos milhares de problemas como violência, poluição, preços altos e etc, mas um problema muito popular entre os jovens de hoje é o bullying que pra quem não sabe é quando você pratica agressões intencionais,verbais ou físicas de maneira repetitiva com um ou mais alunos ou colegas. O bullying geralmente é praticado com pessoas com características físicas diferentes   como:usar óculos, ser gordo, magro, cabeçudo, orelhudo, narigudo e etc.

Muitas pessoas se sentem muito humilhadas com os apelidos ou até agressões e procuram ajuda de psicólogos, professores, pais. Algumas são tão humilhadas que tem vergonha de contar sua situação para alguém porque acha que pode ser humilhada e agredida novamente.

Quando a pessoa se sente muito humilhada ela pode até se suicidar como já aconteceu com muita gente por isso eu estou escrevendo esse texto para dar um conselho para quem pratica e para quem é vítima do bullying, esse assunto é serio gente, não façam com os outros o que você não quer que façam com você, bullying é muito triste e infelizmente nossa sociedade não tem consciência que se continuar, muita gente pode ser infeliz e quem pratica pode se tornar uma pessoa extremamente horrível por maltratar pessoas inocentes.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

A Cidade Livre de Christiania


por Valentina,

Vocês se lembram do texto que a Beatriz escreveu há algum tempo, falando sobre o anarquismo (http://ed8a.blogspot.com.br/2012/04/voce-sabe-o-que-e-anarquismo.html)? Então, surgiu uma curiosidade que me levou a pesquisar se existe/existiu alguma região que vivesse sobre o regime anarquista, se é que se fala em “regime” quando se refere à ideia de uma sociedade sem leis ou governo.

Descobri um bairro com uma pequena população, localizado em Copenhagen, Dinamarca, chamado por seus habitantes de Cidade Livre de Christiania. Existem algumas histórias que explicam o seu surgimento, mas a maioria delas diz que foi fundado por hippies anarquistas de um grupo de teatro, que ocuparam um posto militar abandonado da cidade.

Christiania se declara um estado independente e livre, sem governantes ou líderes, onde até o consumo de drogas ditas “leves”, como a maconha e o haxixe, são permitidos.

O estado procurou de várias maneiras, impedir o avanço da comunidade, tentando normalizar a situação da venda de drogas ilícitas e controlar as ações da população, porém, Christiania resiste até os dias de hoje. O local começou uma forte campanha contra o consumo de drogas pesadas e a população parece ter atendido ao pedido.

As decisões são tomadas por consenso entre os moradores, que se organizam para que haja um sistema de tratamento de esgoto, coleta de lixo, correio e outros serviços públicos. Apesar de se declarar regida pela forma de organização social anarquista, a Cidade Livre possui um sistema de regras sociais básicas, que suponho que já deveriam ser da consciência ética de cada um, não se permite a violência nem o roubo, por exemplo, e a máxima punição pelo não cumprimento de tais é a expulsão da comunidade.


Também não é permitido circular de carro pelo lugar, os moradores andam a pé ou de bicicleta. Christiania é dominada pela arte, nas ruas se vê principalmente o grafite, o lugar nos passa a ideia de que dentro da anarquia pode existir uma real liberdade para se expressar e viver sem uma autoridade dominante.

Até mesmo dentro de uma sociedade dita democrática, é difícil encontrar este espaço para manifestar nossa opinião e chegar a um consenso, já que todos querem ser ouvidos e expor suas ideias, que muitas vezes são alvo de censura. Mas, falando em termos de uma pequena comunidade, não é difícil imaginar a vida sem conflitos sociais dentro de uma organização anarquista. Será que isso seria possível em se tratando de um estado? Seria utopia imaginar que, dentro de um território tão grande, possa não haver nenhuma forma de governo, leis ou regras? Afinal, o meu direito tem de terminar no ponto onde começa o do outro.

Fontes:
http://www.vice.com/pt_br/read/eu-fui-para-christiania
http://www.zevariedades.com/a-cidade-livre-de-christiania-na-dinamarca/
http://www.nodo50.org/insurgentes/textos/autonomia/09christiania.htm

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Nova cidade de Itá, Bom ou Ruim?


por Nadjni,


No dia 17 de Maio fizemos uma viajem até a cidade de Itá (no oeste catarinense), com o objetivo fazer entrevistas com pessoas que foram atingidas pela barragem. Faço parte de uma equipe de Iniciação Cientifica do Colégio de Aplicação das oitavas séries, e estamos procurando saber sobre o porquê da construção da hidrelétrica.

Lá fizemos muitas entrevistas com várias pessoas, idosos jovens enfim , moradores da cidade de Itá, que costumavam frequentar as festas, reuniões, encontros, que aconteciam na cidade antes do alagamento para a construção da uma barragem.

 Nas entrevistas, muitas pessoas  falaram que a construção da hidrelétrica  foi uma coisa boa , deixaram claro que o comércio cresceu, dando oportunidade de emprego,e mais área de lazer. Também, afirmaram que  houve muitos danos aos moradores, como por exemplo pessoas que perderam suas terras e que também não foram indenizados e tiveram que se mudar para outros municípios.

Com a construção da nova cidade de Itá, alguns moradores atingidos pela barragem contaram que perderam contato com amigos de infância que acompanhavam suas vidas desde quando nasceram, e lugares que hoje deixam saudades devido a infância que tiveram naquele lugar.

Entrevistamos pessoas que também se emocionaram falando de suas vidas e do que  mudou depois da construção da hidrelétrica.

Na minha opinião a construção da hidrelétrica teve benefícios e teve danos, mas acho que por um lado foi bom para a cidade, porque se tornou uma cidade turística e com novos lugares de lazer como por exemplo o Parque Thermas de Itá.

Em nossa pesquisa de campo visitamos o MAB (movimento dos atingidos por barragens), no município de Abdon Batista, que nos explicaram que este movimento social tem como objetivo defender projetos, ou seja, defender o direito dessas pessoas atingidas pela  construção da barragens.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

O surf ontem, hoje, e sempre


por Nadjini,

O surf é um esporte radical, que é mais praticado no Hawaii, já que sua origem vem das ilhas Polinésias há aproximadamente 1500 anos , povos que trabalhavam e se divertiam  na água do mar, e foi assim que "alguem" criou o surf, que no começo não passava de uma simples brincadeira entre as pessoas dos povos.

Depois  que esse povos foram para o Hawaii o esporte foi nomeado  e a "brincadeira" virou um esporte radical, e um dos mais populares.

Hoje tem muitas aulas de surf, muitos professores dispostos a ensinar esse esporte.

Osmar Gonçalves, foi o  primeiro junto de seus amigos a construir a primeira prancha, morava em Santos- São Paulo aqui mesmo no Brasil desde quando veio morar com seus pais, aos 12 anos de idade. E muitos já diziam  que o surf que ele  apresentava não era o correto.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Visita ao Jornal Notícias do Dia



Por Gabriela Raupp,

No dia 22 de maio, terça feira, nós alunos das oitavas séries do Colégio de Aplicação, visitamos o jornal Notícias do dia, acompanhados de alguns professores e estagiários. Fomos com o objetivo de aprender e entender como é produzido um jornal impresso, no estúdio e na rádio.

Conversamos com um repórter de economia, onde fizemos algumas perguntas a ele, ficamos sabendo que na redação tem o repórter, diagramador, fotógrafo e editor, ao todo são necessários de 30 a 40 jornalistas, todos tem que gostar de língua portuguesa, gostar de notícias, e ser o menos preconceituoso possível.

Um jornal impresso demora em média de 10 a 14 horas para ficar pronto, isso é uma das maiores dificuldades do jornalista, que é não poder atrasar. Por dia são impressos cerca de 17.000 exemplares, distribuídos em média 7.000 para Joinville e 10.000 para Florianópolis. Uma curiosidade é que a última parte que é impressa é a capa do jornal, porque pode ter novidades de última hora.

Nessas últimas semanas, nós começamos a produzir reportagens sobre diversos temas, na qual iremos juntar todas e fazer um jornal, que será distribuído pelo Colégio de Aplicação, e o Notícias do Dia pretende fazer uma reportagem falando sobre o nosso jornal e a nossa visita.

Com essa experiência, vimos como os jornalistas trabalham e suas dificuldades do dia a dia. Reparamos também que eles não trabalham sozinhos, mas em grupo, um ajudando o outro. Acho que essa visita nos ajudou a melhorar nossas reportagens que construímos nas aulas de português. Aprendi a dar valor a um jornal impresso, não imaginava que dava tanto trabalho.


Histórias do futebol...


por Nadjini,

O futebol é um esporte muito popular no mundo inteiro, mas nem sempre foi assim: dizem até que a primeira bola de futebol foi trazida para o Brasil só em 1894.

A primeira copa FIFA foi em 1930, que foi no Uruguai, que por coincidência foi o país que ganhou a primeira copa, coincidência ou sorte? O placar final foi de Uruguai 4 X Argentina 2.Nessa copa o Brasil ficou em 6º lugar.

No Brasil o futebol nasceu em um bairro paulistano, o  Brás.

Uma curiosidade sobre o futebol jogado antigamente é que ele só podia ser jogado por pessoas brancas e as pessoas negras só podiam jogar em campinhos de futebol e etc, que na minha opinião era preconceito muito forte que as pessoas tinham.

Com o passar dos anos os times de futebol foram sendo criados, hoje os mais populares de Santa Catarina são Figueirense e o Avaí.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

“NÃO QUERO TCHU, NÃO QUERO TCHA, EU QUERO PRÉ-VESTIBULAR!”


por Valentina, 

O pré-vestibular na UFSC foi criado em 2003, é um curso que prepara gratuitamente estudantes de baixa renda de escolas públicas do estado, para competir por uma vaga no vestibular. Todos os anos, no mês de fevereiro, eram abertas as inscrições para o cursinho, porém, em 2012 foi diferente.

Tempos depois, a UFSC anunciou que o governo do estado havia cortado a verba para o curso, e que sem ela não seria possível oferecê-lo de forma gratuita aos estudantes.

Mais de 200 alunos, levando seus títulos de eleitores, como para mostrar seu papel e participação ativa na política, foram na quarta-feira, dia 24 de maio, até o prédio da Assembléia Legislativa aqui em Florianópolis, para manifestar-se contra o corte da verba de R$ 3 milhões para o curso pré-vestibular.

Esse é o motivo de tantas manifestações nas redes sociais, e de toda a discussão em volta do tema. Os estudantes protestaram de forma organizada levando cartazes, faixas e, principalmente, sua voz. Foram apoiados por alguns deputados presentes, os alunos pedem a aprovação da verba pelo governador do estado, Raimundo Colombo, a justificativa dada por ele foi de que o dinheiro estava sendo destinado ao reajuste salarial de professores e investimento em melhorias no setor da educação.

Mas a discussão a respeito da liberação da verba ainda não teve um fim, os deputados pediram um prazo de mais 15 dias para a decisão, e centenas de estudantes aguardam aflitos, mas não sentados, pois depende dessa decisão, parte do futuro desses jovens e trata-se de uma oportunidade única para muitos alunos do setor público do estado de Santa Catarina.

Fontes: